Março PDF Imprimir E-mail

01- Aniversário da Cidade do Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro é a segunda maior cidade do Brasil e a capital do estado de mesmo nome, situado no Sudeste do país. A cidade não recebeu esse nome por causa de um rio, mas sim, por um estuário observado por Gonçalo Coelho logo após o descobrimento do Brasil.

Gonçalo Coelho era o encarregado do reconhecimento da terra e pensou que o estuário era a foz de um grande rio. Como era dia 1 de janeiro de 1502, o nome ficou sendo Rio de Janeiro.

A fundação da cidade, mais de meio século depois, se deu por questões militares. Após invasões francesas, o terceiro governador geral do Brasil, Mem de Sá, saiu da Bahia com o objetivo de expulsar os franceses e conseguiu seu intento.

Estácio de Sá, depois de receber instruções de seu primo Mem de Sá para manter a paz com os índios tamoios e ouvir os conselhos do Padre Nóbrega, organizou uma expedição e partiu em 22 de janeiro de 1565. Em 1o de março desembarcaram e foi fundada a cidade do Rio de Janeiro.

A cidade é famosa por suas praias turísticas, como Copacabana e Ipanema, pela estátua do Cristo Redentor no morro do Corcovado e por seu carnaval. Além das belezas naturais, que encantam milhões de turistas que a visitam, a cidade foi sede do governo durante o período colonial e capital do Brasil de 1822 a 1960.

 

08- Dia Internacional da Mulher

No dia 8 de março de 1857, um grupo de operárias de uma fábrica de tecidos de Nova Iorque iniciou uma greve seguida de protesto por melhores condições de trabalho e salários mais justos.

Numa ação da polícia, foi deflagrado um incêndio criminoso que acabou tirando a vida de 129 mulheres, entre tantas outras feridas.

O Dia Internacional da Mulher foi criado em homenagem a essas heroínas da luta pela emancipação feminina. Esse foi um dos fatos históricos mais significativos na luta das mulheres pela igualdade de direitos.

O importante é saber que, ao respeitar os direitos da mulher, todos estarão contribuindo para a construção de uma sociedade mais justa, saudável, feliz e pacifista.

 

12- Aniversário de Recife

Recife é a capital do estado de Pernambuco. Apesar de Olinda, também situada na região metropolitana, ter sido a primeira sede do governo da então capitania, Recife é a capital mais antiga do Brasil, fundada pelos portugueses em 12 de março de 1537.

O nome foi escolhido por causa dos arrecifes – rochedos de coral e arenito formando uma muralha natural que circunda o litoral.

Localizada na foz dos rios Capibaribe e Beberibe, Recife é conhecida como a “Veneza brasileira”, em alusão à cidade italiana que tem inúmeros canais e pontes. 

É considerada uma cidade histórica por ter várias construções tombadas pelo Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade e muito visitada por turistas fascinados pela beleza de seu litoral.

 

14- Dia da Poesia

Em 14 de março é comemora-se o Dia Nacional da Poesia porque, nessa data, nasceu o grande poeta brasileiro Antonio Frederico de Castro Alves.

Poeta romântico, Castro Alves morreu de tuberculose na cidade de Salvador em 06 de julho de 1871, com apenas 24 anos. Ele escreveu poesias importantes, como Navio Negreiro e, não à toa, esse grande expoente da poesia romântica no Brasil ficou conhecido como o “poeta dos escravos”.

A poesia é uma arte literária e, como arte, recria a realidade. Geralmente, a expressão “poesia” se aplica à estrutura de texto em versos. Os versos são as linhas do poema. Um conjunto de versos forma uma estrofe.

Algumas características básicas da poesia são o ritmo, a divisão em estrofes e a rima. Um poema também possui métrica, que é a contagem das sílabas poéticas dos versos. 

Nem todos esses quesitos estão sempre presentes. Os poetas modernistas, por exemplo, adotaram os versos livres, despreocupados com a rima e a métrica.

Declamando ou escrevendo, fazer poesia é expressar-se de forma a combinar palavras, mexer com o seu significado, utilizar a estrutura da mensagem. Essa é a função poética.

Sugestão de leitura: História da história e outras poesias

de Valéria Belém, Companhia Editora Nacional
Ilustrações de Adriana Mendonça
Sentir é coisa de gente. Palavras também são. Junta tudo, mistura e solta: vira verso, vira rima, como estas histórias de meninas e meninos que sonham tanto e experimentam a vida como um doce algodão.

 

17- Aniversário da Cidade de Aracaju

Aracaju é a capital do estado brasileiro de Sergipe. A capital localiza-se às margens do Oceano Atlântico e é cortada pelos rios Sergipe e Poxim.

Aracaju tornou-se capital do estado por uma questão de estratégia; seu porto deveria atender às necessidades de escoamento da produção açucareira do Vale do Cotinguiba.

As ruas mais antigas de Aracaju chamam a atenção pelo traçado geometricamente regular, com esquinas a cada 100 metros. O desenho foi elaborado como um tabuleiro de xadrez pelo engenheiro brasileiro Sebastião Basílio Pirro. 
Aracaju significa “cajueiros dos papagaios”, sendo o caju a fruta símbolo da cidade.

 

22- Dia Mundial da água

O Dia Mundial da Água foi criado pela Assembléia Geral da Organização das Nações Unidas, através da resolução A/RES/47/193 de 22 de fevereiro de 1993.

A observância internacional do Dia Mundial da Água é uma iniciativa que cresceu desde 1992, a partir da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, no Rio de Janeiro.
Os países foram convidados a dedicar o Dia Mundial da Água a atividades concretas que promovessem a conscientização pública, através de publicações e difusão de documentários, a organização de conferências, mesas redondas, seminários e exposições relacionadas à conservação e desenvolvimento dos recursos hídricos.

De acordo com a Organização das Nações Unidas, o uso da água triplicou de 1950 para cá. Para o futuro, estima-se que nos próximos 20 anos o ser humano irá usar 40% a mais de água do que usa agora.

O que pouco se sabe é que os problemas relacionados à água estão mais ligados à má administração de recursos do que propriamente da escassez natural. Isso quer dizer que o futuro pode ser um pouquinho melhor, se soubermos utilizar a água e criarmos soluções para situações críticas.

Sugestão de leitura: Água

de Charline Zeitoun, Companhia Editora Nacional
A água está por todo lado. Ela enche os oceanos, corre da torneira ou cai em gotas de chuva.

Mas, o que é a água? Como ela se transforma em gelo? Por que os barcos flutuam? Realize as experiências propostas e o precioso líquido não terá mais segredos para você!

 

23- Aniversário da Cidade de Florianópolis

Florianópolis é a capital do estado de Santa Catarina. A cidade foi fundada em 23 de março de 1726 com o nome inicial de Nossa Senhora do Desterro.

Florianópolis veio muito tempo depois, com a revolução federalista comandada pelo marechal Floriano Peixoto, em 1894. Antes disso, em 1823, de vila passou a ser a capital do estado.

Os índios tupis-guaranis foram os primeiros habitantes de Florianópolis. Praticavam a agricultura, mas tinham na pesca e coleta de moluscos as atividades básicas para a sua subsistência.

Eles chamavam o local de Ilha de Meiembipe, logo ocupada por portugueses que transformaram em ponto de abastecimento de água e alimentos para navios que rumavam ao sul no início do século XVI.

São quase 300 anos de histórias para contar sobre essa charmosa cidade, cuja metade fica numa ilha e metade no continente, sendo ambas unidas por três pontes: Governador Hercílio Luz, Colombo Salles e Governador Pedro Ivo Campos.

 

26- Aniversário da Cidade de Porto Alegre

Porto Alegre é a capital do estado do Rio Grande do Sul, fundada em 26 de março de 1772.

O processo de criação da cidade contou com a participação de estrangeiros como portugueses, africanos, italianos e alemães, entre outros.

O governo português incentivou a vinda de casais açorianos à região, com o intuito de resolver dois problemas: o superpovoamento das ilhas dos Açores e assentar a dominação portuguesa no sul do Brasil, região ameaçada pelas colônias espanholas do sul e oeste do continente sul-americano.

Com a chegada dessa leva de casais, o porto passou a ser conhecido como o “Porto dos casais”. Quando aqui chegaram, logo se apoderaram de terras indígenas. Como colonizadores, trouxeram crenças, lendas, hábitos e costumes para formar um grande mosaico que resultou em Porto Alegre – uma cidade que mistura mais de 20 etnias.

Em 1772, ganhou o nome de Nossa Senhora Madre de Deus de Porto Alegre, abreviado para Porto Alegre em 1810, quando é emancipada para vila. O título de cidade viria dez anos depois, em 1822.

 

27- Dia Nacional do Circo

É praticamente impossível determinar uma data específica de quando ou como as práticas circenses começaram. Mas pode-se apostar que elas tiveram início na China, onde foram encontradas pinturas de 5 mil anos, com figuras de acrobatas, contorcionistas e equilibristas.

Esses movimentos faziam parte dos exercícios de treinamento dos guerreiros acrescentando-se, aos poucos, graça e harmonia.

No Brasil, a história do circo está muito ligada à trajetória dos ciganos em nossa terra, uma vez que, na Europa do século XVIII, eles eram perseguidos.

Aqui, andando de cidade em cidade e mais à vontade em suas tendas, aproveitavam as festas religiosas para exibirem sua destreza com os cavalos e seu talento ilusionista.
O Dia Nacional do Circo é comemorado em 27 de março para homenagear o palhaço brasileiro Piolin, que nasceu nessa data no ano de 1897, na cidade de Ribeirão Preto (SP).

Considerado por todos que o assistiram como um grande palhaço, se destacava pela enorme criatividade cômica e pela habilidade como ginasta e equilibrista. Seus contemporâneos diziam que ele era o “pai” de todos os que tinham a cara pintada, o colarinho alto e que sabiam fazer o povo rir.
As gerações anteriores ainda devem se lembrar o que significava a chegada de um circo à sua cidade. Naquela época, onde não existia televisão, nem cinema, e o teatro era diversão para as elites, a chegada de um circo era uma festa que empolgava adultos e crianças.

Como as opções de lazer e entretenimento eram poucas, o circo promovia o grande evento no qual as pessoas se reuniam para se divertir com palhaços, mágicos, malabaristas e outras atrações.


Sugestão de leitura: O circo

Roseana Murray, Companhia Editora Nacional
Ilustrações de Agnes M. Carvalhaes Carabetti
Acompanhados de ilustrações muito coloridas e vibrantes, os poemas de Roseana Murray narram o percurso do circo desde sua chegada à cidade até sua saída.

Os operários e os que espiam do lado de fora também são lembrados pela autora.

 

29- Aniversário da Cidade de Curitiba

Curitiba é a capital do estado do Paraná. Com o nome de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, foi fundada pelo capitão Matheus Leme em 1693.

Em 1721, a vila passa a chamar-se Curitiba com a visita do ouvidor Raphael Pires Pardinho, a primeira autoridade a se preocupar com o meio ambiente, colocando a cidade como uma das principais no mundo quando é esse o assunto.
Marcada pela imigração, Curitiba abriga gente de vários países que lá escolheram para viver. Até o século XVIII, eram os índios, mamelucos, portugueses e espanhóis que predominavam na cidade.

Com a emancipação política do Paraná (1854) e o incentivo governamental à colonização na segunda metade do século XIX, Curitiba recebeu uma grande leva de europeus.
Alemães, franceses, suíços, austríacos, sírios, libaneses, poloneses, italianos e ucranianos presentes nos centros urbanos ou nos núcleos coloniais, conferiam um novo ritmo de crescimento à cidade e influenciaram de forma marcante os hábitos e costumes locais.
São mais de 300 anos de história para contar sobre essa cidade considerada modelo de planejamento urbano e qualidade de vida.

 

29- Aniversário da Cidade de Salvador

Salvador é uma importante cidade brasileira, capital do estado da Bahia, fundada em 29 de março de 1549, por Tomé de Souza.

Foi a capital brasileira durante 214 anos, de 1549 a 1763. A posição estratégica da Baía de Todos os Santos criou ligações entre Portugal, Brasil, África e Ásia.

As condições naturais, que propiciavam aos navegantes portugueses a parada segura de suas embarcações, foram determinantes na sua escolha como local para a primeira capital do Brasil.
Salvador foi construída nos moldes das cidades portuguesas e até as pedras de seus edifícios eram trazidas da metrópole.

Erguida no alto de uma colina, entre a Baía de Todos os Santos e os morros, foi a primeira cidade planejada do Brasil, mantendo a aparência medieval de Lisboa, com ruas estreitas e curvas dispostas perpendicularmente umas às outras.

Pelourinho

Declarado Patrimônio Histórico da Humanidade pela Unesco em 1986, o bairro Pelourinho é o conjunto mais valioso da arquitetura colonial brasileira.

Com cerca de 3 mil imóveis – um terço deles restaurado nos últimos anos – o bairro que leva o nome do obsoleto tronco de pedra usado para açoitar especialmente os negros e os índios, representa mais do que um estilo de construção. Ele é o símbolo da autoridade da Coroa Portuguesa, que acreditava que a justiça era o principal atributo do governo.

Ali, no centro histórico de Salvador, entre o Palácio do Governo, a Casa da Câmara, a Ouvidoria e o Colégio dos Jesuítas, as leis eram elaboradas e executadas; os súditos, vigiados pelos magistrados e padres do Império e, por fim, a desobediência era punida.

 
Quem somos | Termos de uso
Viajando pelo Brasil | Datas comemorativas | Sala dos professores

Copyright © 2018 - IBEP - Coleção Eu Gosto - Todos os direitos reservados Um produto Editora IBEP